Review | 10º Episódio “Que a sorte esteja sempre a seu favor”

Primeiramente, desculpa por não ter tido review do nono episódio, pois todos da equipe não puderam faze-la.

Está review contém muito spoiler, caso não tenha visto o episódio ainda, sugiro não continuar… VEJA O EPISÓDIO!

4x10 ao vivo

Sinceramente não sei nem como começar a falar dessa maravilha, vulgo décimo episódio da quarta temporada, mas vamos lá.

Queria começar por esse título, “Die All, Die Merrily” algo como Morram Todos, Morram Felizes…só ai já sabemos que o episódio teria muitas mortes. Segundo alguns fãs, a série vem tento uma perca do foco inicial dela, mas o que seria esse foco inicial que eles dizem? Também não sei, mas continuando… o décimo episódio que foi ao ar dia 03/05/2017 trouxe isso tudo de volta, o tão esperado Conclave que todos falavam, mas a série nunca havia mostrado como seria. Embora que todos pensávamos que esse Conclave seria impedido por algo e acabaria quando estivesse apenas Octavia, Roan, Ilian e Luna vivos, mas The 100 provou que não quer apenas deixar personagens vivos para segurar público, mas sim mostrar algo que anime quem o vê. Esse foi o episódio preferido da maioria do elenco que o fez, disseram que era o episódio mais sangrento e sombrio de toda a série (e a gente quase não gosta de muita luta e emoção)… me fez lembrar muito de Jogos Vorazes, APENAS UM SAIRÁ VIVO.

Há muitas coisas para se discutir sobre esse episódio, mas vamos do começo…

4x10 review 1

Começa com Octavia (obviamente a protagonista desse episódio) esperando, enquanto Gaia chama cada guerreiro de um clã para representar o mesmo, Bellamy que como sempre tenta proteger sua irmã, tenta convence-la de que ela não precisava fazer isso, mas ela está determinada a lutar, mesmo que isso cause sua morte. Clarke chega e diz estar na hora e que O consegue (KKKK segura a falsa), e ela vai até a cerimonia.

“Aceite o sigilo do seu clã, e lute com a honra de uma campeã.” – Gaia para Octavia, entregando a ela um colar.

4x10 review 2

“Que a sorte esteja a seu favor” é muito a cara da próxima cena, Gaia é Effie e Octavia é Katniss. Afinal a Octavia está muito em chamas nesse episódio. GOSTO ASSIM.

Após todos os guerreiros destinados a lutarem no Conclave terem recebidos seus sigilos, Gaia fala como será esta batalha, e diz que quando o guerreiro chegar até ela com todos os sigilos dos outros guerreiros, ele será o campeão e dirá qual clã viverá na cripta de Becca Pram Heda e qual irá perecer em Praimfaya. Eis que chega Luna “está será eu”.

Sim Luna a principio não lutaria, mas ela está confiante de que ganhará e que ninguém estará seguro quando acontecer.

4x10 review 3

É incrível a relação entre Indra e Octavia, uma relação de mãe e filha. Todos os guerreiros estão se preparando num espaço fechado, e chega Indra para falar com Octavia. Ela vê O com a tatuagem de Lincoln pintada no rosto, uma cena muito linda entre as duas, ela quer ajudar O e deu sua espada a ela, “você é meu povo”.

4x10 review 4

Jaha não está convicto de que os grounders aceitarão o resultado caso Octavia ganhe. Depois do anúncio de Luna, todos estão com medo do que irá acontecer, afinal ela foi preparada para um desafio desses e com toda a raiva que ela sente das pessoas, ela não facilitará ninguém.

Gaia precisa de dois representantes dos Skaikrus para a worgeda. Bellamy ainda se sente muito culpado por tudo que acontece com Octavia, então ele pede para Clarke ir em seu lugar pois ele não saberia o que dizer, mas ela diz que com ele será melhor do que sem ele.

Obviamente Clarke está se borrando de medo de que Luna vença, porque né… ela vai até Roan e Echo e tenta uma união pois sabe das chances de Luna, mas ele não diz que o momento das alianças acabaram. Sou capaz de apostar que nesse momento Clarke já pensou sobre o que ela fez no fim do episódio.

4x10 review 5

Bellamy e Kane estão falando sobre estratégias para Octavia, cada defeito de seus adversários, que eles conseguiram observar. Bellamy faz ela acreditar que ela não precisa disso, basta se esconder e esperar os guerreiros se eliminarem, “Você era a menina de baixo do chão. Usei isso, do jeito que a mamãe ensinou”. Acaba a cena com Octavia dizendo “May we meet again”, Bell responde “com certeza nós vamos”, sem falar mais nada ou dar um abraço, ele irá se arrepender disso mais pra frente.

4x10 review 6

Cada guerreiro se posiciona em sua bandeira e a trombeta de inicio é toada. O Conclave se inicia, Roan mata um e sua segunda morte é do guerreiro que está representando os Trikus, enquanto Octavia se esconde e vê a cena. Gaia anuncia as mortes e ao falar o nome do guerreiro Trikru mostra a reação de Indra e mais uma das cenas emocionantes do episódio, onde mostrou o carinho de Gaia e Indra, as duas se abraçam.

4x10 review 7

Octavia voltou a alojamento dos treinamentos e Luna a encontra lá. Elas conversam, “Lincoln teria vergonha de você” diz Octavia, Luna diz como sua opinião e isso se deve muito aos Skaikrus, e mesmo após tudo que Lincoln dizia, Octavia estava ali, lutando por seu próprio clã. As duas começam lutar, mas Octavia corta uns cabos que derrubam canos em Luna e ela consegue fugir.

“Não pode se esconder para sempre”. Luna para Octavia.

4x10 review 8

Octavia está anfaichando seu braço e Ilian a encontra, diz não ser seu inimigo, mas Octavia diz que a próxima vez que o vir, o matará, isso é uma promessa.

Bellamy está observando do alto de Polis e vê que alguém está atirando nos competidores de um prédio e ele nota que Echo não está mais na sala. Kane como sempre muito sabio, diz para ele ir ver a noite, assim não o pegarão e não acabará com as chances dos Skaikrus.

Octavia está cercada por 3 guerreiros que se aliaram, então chega Ilian pulando sabe lá Deus de onde e começa a lutar com eles e Octavia o ajuda. Após todos mortos, Octavia retira os sigilos de seus pescoços e entrega a Ilian, mas ele recusa, e não está lá por Octavia, mas sim por que os Trishanakru precisavam dele, eis que uma flecha atravessa sua garganta, ela o arrasta para fora do alcança das flechas. Ele não sente as pernas, então pede para que ela tire sua vida, pois ela havia prometido, “Não tema a morte” dia Octavia, enfiando a face em seu peito e saindo com os sigilos.

4x10 review 9

Bellamy encontra o atirador, é Echo. SIM A ECHO MATOU ILIAN, tadinha da minha O que ta concorrendo com a Clarke de quem perde mais amores, mas voltando a cena… Bellamy e enforca, mas Roan chega e o chuta pra longe, ele explica ao rei que Echo está trapaceando, e para não continuar manchando a imagem dos Azgeda, Roan a bane do clã.

Roan sabe que a presença de Bellamy significaria que Octavia ainda está viva, e ameça chamar um contador que isso já se resolveria, mas isso não teria graça na sua opinião. Ele não acredita que Octavia tenha chance, “Antes que ela morra, direi o quão sortuda ela é em te-lo como irmão.” Bellamy tem uma ideia melhor, “Depois que ela vencer, e você estiver morrendo, diga a ela que eu tenho sorte em te-la”, Octavia escondida ouve tudo. OS IRMÃOS BLAKE ESTÃO VIVOS!!!

4x10 review 10

Octavia encontra Roan e os dois começam a conversar, mas acabam por fazendo uma aliança, já que nenhum dos dois tem chance com Luna sozinhos.

Nesse meio tempo, Bellamy está voltando a torre e é levado por alguém encapuzado COF JAHA COF.

Roan e Octavia cercam Luna, então uma luta épica se inicia. Roan está ganhando, Luna no chão, mas quando Roan vai mata-la a chuva negra cai, então Octavia grita para Roan correr enquanto ela corre achar abrigo. Como já sabemos Luna é imune ao efeito da chuva, com essa vantagem Luna consegue atacar Roan e o mata afogado na água, “Da água nós viemos, à água retornaremos”, então Roan morre e Luna sai desfilando linda e formosa pela chuva.

4x10 review 11

Com Roan morto, restam apenas Luna e Octavia.

Luna vai atrás dela em uma sala com velas e bem sombrio. Não vou mentir, nessa hora já tinha me dado uns 5 tipos de ataques e tremores. Octavia está dentro de um armário, a cena dos trovões que aparece no Trailer da quarta temporada. Luna caminha para dentro da sala enquanto diz que ela acreditava no bem das pessoas, na humanidade, mas quando ela matou seu irmão no Conclave, sabia que apenas um deles poderia ficar vivo, então que fosse ela. *Ela caminha e vai abrindo os armários e segue o rastro de sangue até um armário especifico* – atravessa sua espada duas vezes pela porta, mas não há sangue em sua espada, então abre e Octavia não está lá. Então a espada que Indra deu a Octavia, atravessa o corpo de Luna por trás, “Está errada. Há pessoa que valem a pena salvar. Mas não você” diz O enquanto tira a espada do corpo de Luna. You gonplei stei odon. Essa foi uma ótima estratégia de Octavia, já que em um confronto cara a cara com Luna ela não teria nenhuma chance de vencer.

4x10 review 12

Na sala do comandante na torre de Polis, onde Gaia e os representantes de cada clã aguarda o campeão, chega Octavia toda poderosa e entrega os sigilos a Gaia, então ela anuncia que os Skaikrus ficarão com o Bunker, mas Octavia diz que não.

“Eu não estava lutando por Skaikru hoje. Eu pensei que estava lutando por mim, mas… agora eu sei que isso também não é verdade. Eu estava lutando por todos nós. Skaikru não via ficar com o Bunker sozinho. Nós vamos compartilha-lo igualmente, porque somos iguais. Nós somos um clã, e vamos sobreviver Praimfaya juntos. Juntos.”

AAAAAAAAAA OCTAVIA EU TE VENERO, Octavia com essa fala, com certeza ganhou o coração de quem ainda não tinha conquistado.

Ela nota que Bellamy não está ali e todos vão ao bunker correndo.

4x10 review 13

No Bunker, estão todos os Skaikrus, Jaha e Clarke estão numa sala e aparece Bellamy acordando no sofá, “O que você fez?” – Bellamy, “Se um clã vai sobreviver, que seja o nosso” – Jaha. Bellamy não acredita que Clarke concordou com isso, mas Jaha diz que isso foi sua ideia, “Fizemos o que tínhamos que fazer” – Clarke.

Kane chega, mas a porta do Bunker está fechada. Octavia diz que eles usaram gás nos guardas que estavam na porta, igual os homens da montanha, “Skaikru traiu todos nós.” então o episódio se encerra.

Não tiro a razão da escolha de Clarke, afinal ela foi a que mais tentou fazer com que os clãs vivessem juntos, mas mesmo com Praimfaya chegando, eles optaram por mais lutas. Todos sabiam que ninguém teria chances contra Luna, Clarke fechou o Bunker antes de saber o resultado do Conclave, pois se Luna ganhasse, a humanidade estaria em seu fim. Claro que não foi algo justo nem digno, ela poderia ter esperado o resultado, mas ela preferiu não dar sorte ao azar.

Espero que tenham gostado da Review, foi feita com opinião pessoal e com os fatos acontecidos, não levem a mal qualquer coisa escrita aqui.

May we meet again!

Texto por: Jean Lucas

Relacionados